A partir de 1 de julho de 2022, deixou de ser exigida a todos os passageiros que entrem em Portugal a apresentação de comprovativo de realização de teste para despiste da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo ou a apresentação de certificado de vacinação, independentemente da sua origem ou da finalidade da viagem.

  • Partilhe